Notícias

A nova aposta da ciência contra o câncer é a imunoterapia

Tratamento vai começar a ser aplicado em pacientes em 2017

Há várias formas de imunoterapia contra o câncer já atualmente em uso. Porém este tratamento é inovador e espera-se que ele possa começar a ser utilizado em pacientes já em 2017.

Cientistas americanos informaram que este tipo de tratamento só funciona, atualmente, contra alguns tipos de câncer, são câncer do sangue: alguns linfomas e algumas formas de leucemia.

E como funciona?

O tratamento é feito exclusivamente para cada paciente. Para cada paciente são retiradas as células T (células do sistema imunológico que são como soldados que atacam os invasores). Porém essas células T não atacam as células cancerosas porque são células do próprio organismo do paciente e não são identificadas como invasoras.

Em laboratório, os cientistas retiram as células T e modificam-nas geneticamente, introduzindo um vírus que leva para dentro da célula T uma proteína que reagirá ao encontrar as células cancerosas, identificando-as como invasoras.

Essa proteína identificará outra proteína, presente na superfície dessas células cancerosas, e as células T matarão as células cancerosas.

Os cientistas afirmam que cada célula dessa fabricada em laboratório, geneticamente modificada, pode matar até 100 mil células cancerosas. Testes já foram realizados em centenas de pacientes. Em alguns pacientes o resultado não foi positivo e o câncer voltou, porém, a margem de sucesso foi muito grande.

Para saber mais detalhes e ver a entrevista completa, clique aqui.

.

Fonte: Globonews.